Principal

Intranet Alunos

PLANEJANDO A SUA CARREIRA

1. Saiba o que quer

Para quem está buscando um posicionamento no mercado de trabalho, ou para quem já está inserido a ele e pretende mudar, precisa ter claro o objetivo a ser alcançado. Uma vez estabelecido o objetivo, ele se tornará um facilitador da trajetória na conquista de um emprego.

2. Acredite no seu potencial intelectual

As organizações entendem que o capital intelectual, é a sua maior vantagem competitiva, já que o potencial intelectual de cada indivíduo é caracterizado pelo conjunto de conhecimento, criatividade e competência e que são diretamente agregados aos produtos e, ou serviços ofertados no mercado.

Todas as pessoas possuem potencial intelectual, mas nem todas sabem como usar a seu favor.

Assim, antes de pensar que não possui potencial intelectual, reflita sobre todo o conhecimento profissional adquirido ao longo de sua vida, pois ele tem valor, assim saberá utilizá-lo no momento adequado.

3. Valorize a sua Formação Acadêmica

No período de formação acadêmica, você possui a oportunidade para o desenvolvimento de diversos projetos interessantes que podem fazer parte do seu Curriculum Vitae, então registre toda a sua atuação acadêmica, pois ele poderá ser um atrativo para as organizações. Pense que o  Mercado de trabalho vem continuamente se alterando para atender as demandas tecnológicas, desse modo as organizações exigem cada vez mais que seus funcionários estejam engajados em projetos inovadores.

4. Crie Estratégias:

a) Curriculum Vitae

Parece ser simples colocar os seus dados pessoais como se estivesse preenchendo uma ficha de emprego, entretanto, fazer um curriculum vitae, exige disponibilidade e foco na carreira, pense que ele será a sua oportunidade de colocação no Mercado de Trabalho, e por isso deve ser atrativo e organizado. 

Veja aqui a nossa sugestão de modelo de currículo.

b) Facebook

Cada vez mais as organizações avaliam os comportamentos de seus candidatos por meio da ética a ser utilizada nas relações virtuais, regulamentada no Brasil pela Lei nº 12965 de 23 de abril de 2014. Se deseja repassar uma postura profissional cuide de suas redes sociais, publique os assuntos de interesse profissional e acadêmico, e mesmo estando em um espaço com liberdade de expressão e manifestação de pensamento, pense coletivamente, valorize os direitos humanos, a pluralidade e a diversidade.

c) Linkedin

Use o Linkedin, ele é um espaço especificamente profissional, isso significa que essa rede deve ser direcionada para seguir empresas e profissionais da mesma área de atuação, participar a discussões profissionais e trazer novidades de interesse coletivo no segmento

O essencial no Linkedin, é manter sempre as suas informações atualizadas, entretanto, não é necessário colocar o seu currculum vitae, aproveite esse espaço para colocar os melhores trabalhos que desenvolveu, as organizações aos verem interesse irão solicitar um curriculum vitae completo.

d) Sites

Os sites empresariais, permitem o cadastro do curriculum vitae, que alimentam um banco de dados para as vagas a serem ofertadas, mas fique atento, pois a área de Recursos Humanos, fará a busca por palavra-chave preestabelecida em sua documentação de descrição de cargos. Assim, deixe claro o seu objetivo e, estabeleça períodos para alterar seus dados ou recadastrar-se.

Vale a pena buscar também pelos sites de recolocação no mercado, atualmente várias empresas tem investido em sites com segmentos específicos como de tecnologia por exemplo, mas fique atento a sites de recolocação que cobram pela inserção do curriculum vitae, pois alguns cobram valores iniciais pequenos e ao longo dos meses passam a cobrar altos valores, dificultando o cancelamento do acordo.

e) Voluntariado

Para aqueles que nunca trabalharam com CLT, ou por meio de um contrato que comprove a experiência, podem recorrer a um trabalho voluntário na área de atuação que poderá auxiliar a criar experiência profissional. Mas lembre-se que o trabalho voluntário, mesmo que sem remuneração, exige foco e disciplina, é necessário estar disposto a fazer a troca de doar seu tempo pela experiência que irá inserir em seu Curriculum Vitae.

f) Cursos de Capacitação

Se não possui cursos em sua área de atuação, pode recorrer aos cursos online e gratuito, que são ofertados por diversas Instituições e que oferecem um Certificado ao termino dos módulos.

Prof. Ma. Márcia Pinheiro Silva
Formada em Recursos Humanos, Especialista em Desenvolvimento de Pessoas e Mestre em Educação.
Professora titular da Faculdade de Tecnologia de Jundiaí - Fatec Jundiaí